29 de outubro de 2009

Twittcoimbra – Tribuh on the road

“Partimos a que horas desta vez?”
Sexta-feira era o dia! Já tinha sido previamente decidido, faltava a hora. Combinámos nos encontrar às 19:30 em dois sítios à escolha (não fazemos por menos).
@Adamastorlx não encontrou o ponto de encontro, andando às voltas no quarteirão. @Martasta acompanhada por @Cesargreat também não conseguiu chegar ao outro ponto de encontro. Mas encontraram-se os dois à esquina, não tocaram a concertina, nem dançaram o só-li-dó. Os três juntos partiram então à procura do outro check point. E voltou a acontecer, em outra esquina. Novamente sem concertina e sem só-li-dó, @joebest66 e @supirinha lá estavam com uma caixa de bolos na mão, cujo conteúdo já tinham enfardado. Mas ainda sobraram alguns para provarmos (verdade seja dita).
Estávamos todos [Yupiii]. Podíamos enfim partir [naquela estrada, onde um dia chegaste a partir (a cantar)]. E já passavam das 21:00 horas.
Mas não!... Antes ainda fomos ao supermercado comprar qualquer coisa para o jantar e para acompanhar dois famintos em viagem.
Nota de redacção: Com grande pena, não podemos descrever as belas sandes que supi preparou, não só para ela como para o Big Joe. A ASAE assim não permite. E até nos ameaçou fechar o blog caso descrevêssemos a tão bela e deliciosa chafurdice.

A viagem tinha começado…
@Martasta ao volante, @joebest66 co-piloto, @cesarGreat e @supirinha no banco de trás com @Adamastorlx ao meio.
Depois de um início algo silencioso, já que Supi e Joe tinham a boca cheia, o resto da viagem foi feita em grande animação. @Adamastorlx ensinou várias canções aos restantes elementos e não lhes deu descanso. Eis a do eléctrico e a da espinha (para ser cantado com a marcha da tropa):

Dizem que o eléctrico é burro…
O eléctrico não é burro não!

O eléctrico tem o pau pr`a cima…
E o burro tem o pau pr`o chão!



Há dois dias que não janto!
E há três que não almoço!
Tenho uma espinha no cu…
Quero cagar e não posso!

Para além destas, houve outras do canal panda (é preciso alimentar a criança que há em nós), que é sempre bonito de se ouvir e depois cantar e a do Ramalho que é qualquer coisa de… Pronto!... Admito!... Tenho vergonha de transcrever para aqui a letra. [hihihihihi]
É bom dizer, que toda a cantoria foi feita à capela, já que os instrumentos musicais ficaram em Lisboa por esquecimento.

À chegada a Mira @Dta_snors, o Luís (primo da Marta) e a D. Idália (avó da marta), estavam à nossa espera para jantar, ou melhor dizendo, para cear.
Ainda mais tarde (e como são loucos) @jtcgomes rapta @anatirantunes (mais uma vez não sabia de nada) na Figueira da Foz e vêm ter connosco.
No café, foi feita uma matrecada e… Ninguém para a Supi e a Marta, ninguém para a Supi e a Marta Ó É Ó!!! Mas Joe Best parou! Marcou o golo da vitória, começou a correr, tirou a camisa e festejou a vitória como se não houvesse amanhã [Que loucura! Nem o Pauleta festejava assim os golos…]

Sábado
@Martasta e @Adamastorlx levantaram-se com as galinhas, tomaram o pequeno-almoço e foram visitar a Renata, que é afilhada da Marta. Aquela coisinha mais linda ainda não twitta, mas já dá forte e feio no Magalhães. Já o irmão, sendo mais novo e pelo que me pareceu dá forte e feio na irmã.

Ao meio-dia e muito começámos a receber mensagens dos dorminhocos. Fomos ter com eles e… Não! Não fomos almoçar!... Tss!...Tss!... fomos tomar o pequeno-almoço que acabou eram quase duas horas [Onde já se viu uma coisa destas…].
Houve tempo, ainda de cantar os parabéns via telemóvel à @olgaeduarte. Com o carro em andamento. Ela não conhece a tribuh e depois de tão belo coro afinado, não sei se a vontade será muita.
Ao almoço, é de salientar que @Dta_snors andou à procura do "wally". Num prato de esparguete à bolonhesa, preparado com tanto amor e carinho por @joebest66, andou à pesca. Afasta isto que não come, afasta aquilo que não gosta, afasta mais não sei o quê… pareceu-me ter ficado com fome, o rapaz.
Já depois do almoço, veio a frase da jornada. Marta decide pegar na moto do primo. Vai para aqui, vai para ali e diz a D.Idália “Ai! Ai! Ai! Que ela já está cansada de estar bem!” (não se chegou a ouvir nenhum estrondo, porque a moto foi abaixo…)

Coimbra
Chegados a Coimbra, estava @pipia e @Rita_Duarte à janela do hotel, parecendo estarem à espera do Messias. Quando saímos do carro, começaram aos gritos. Pessoalmente senti-me uma estrela de Hollywood. Mas afastei-me depressa, não fosse uma delas me cair em cima.
O encontro estava marcado para o Café Santa Cruz. Foram chegando pouco a pouco os tão ilustres twitters. Conviveu-se, cantou-se ao bispo, muitas palminhas ao SINHOR (Pam! Pam! Pam!) e muita gargalhada. Os estreantes, estavam um bocadinho calados, não sei se com vergonha, se estupefactos com tanta loucura junta.

Ao jantar – o mais rápido – para constar no livro do Guiness, já que estávamos todos despachados às 22:30, o que não me parece normal, num jantar de grupo. Foi um jantar sempre a aviar… primeiro aviou-se arroz com batata frita, depois aviou-se a grelhada mista, veio o doce_não_sei_bem_o_que_aquilo_era, aviámos o café, aviaram-nos a conta e aviamo-nos porta fora.
Fica o agradecimento da amabilidade que o Miguel (@ovomole) teve. Trouxe uma caixa cheia daqueles típicos doces de Aveiro. Uma delicia e o melhor do jantar. E PARA O HOMEM DOS OVOS MOLES!? NÃO VAI NADA, NADA, NADA!?... TUDO! TUDO!
Durante o jantar Joe best fez o Twitt número 30000 o que é digno de alguém com o #viciodesgraçado.
O empregado que nos estava a servir, descobriu a palavra mágica. Cada vez que vinha à mesa, fazia o primor de dizer SINHOR. Pior que este, só mesmo a @Pipia. Passou o jantar a dizer a palavra e os outros quase que não conseguiam dar duas garfadas de seguida, pois era preciso bater as palminhas. É que era uma atrás de outra…

À porta do restaurante, na escadaria tirou-se a fotografia de grupo. Cantou-se a uma só voz a canção do Bispo de Aveiro como se não houvesse amanhã. E vem uma ´ssoa tão séria de tão longe para assistir àquela situação, que envergonha qualquer @tugaserio.

De seguida, fizemos romaria, tal procissão à “Capela”, lugar onde se ouve cantar o fado de Coimbra. Por sorte ou azar, estava cheio e não chegámos a ser expulsos porque nem sequer entrámos. [Onde está o @nelsonvitorino?] Toca a rumar, agora até às docas. De um lado do rio a “latada” e nós do outro a explanar. À meia-noite, cantou-se os parabéns ao @jtcgomes que estava presente e à @joanamia via telélé. @Pipia e @Rita_Duarte ofereceram a todos um copo de mouchão de fabrico caseiro, com o qual fizemos o brinde, não só aos aniversariantes mas a todos. [Onde se meteu o @nelsovitorino?]
À uma da manhã, ganhámos uma hora, com o atraso dos relógios. [afinal o dia foi bem escolhido, mais uma hora de farra]

Com o passar do tempo, uns foram embora e outros decidiram ir ainda abanar o capacete. Azar! Estava fechado! Ganhámos uma caminhada a pé e ainda vimos assistir à valentia do @jnogueira. Uns tipos meteram-se com ele, não se percebeu bem para quê e ele sozinho virou-se contra todos [Quantos são!? Quantos são!?] Depois chegou a artilharia pesada, na ´ssoa de Joebest e a situação ficou sanada.

A noite já ia longa, nas ruas andavam “cadelas” à solta. Hilariante, foi ver um grupo a colocar um triângulo na estrada, como se algum veículo estivesse avariado, só para se poderem sentar na berma. [L-O-U-C-O-S]
Que melhor sitio para a Tribuh & Companhia, Lda. assentar arraiais!? À frente de um grupo que estava na “passa”. E o vento estava de feição…
Mas o grande momento e para finalizar a noite, estava a chegar. @anatirantunes foi buscar a Catarina, uma estudante que por lá andava de megafone em punho. E com a ajuda dela, não só cantámos ao Bispo de Aveiro, como melhorámos a canção. A rapariga, achou tanta graça que depois voltou ao nosso grupo sem ninguém a chamar. Só dizia SINHOR, AVÉ, AVÉ AO BISPO e não sabia o que era o twitter. [E o @nelsonvitorino desapareceu sem deixar o contacto a ninguém]

Domingo
A Tribuh só se juntou à hora de almoço. Pelo caminho, @eltor0pt, @Adamastorlx, @CesarGreat, @Pipia e @Rita_duarte sintonizaram uma estação de rádio, que é qualquer coisa de… inexplicável. Das colunas soavam gemidos e grunhidos. A RUC – Rádio Universitária de Coimbra, à hora de almoço passa autentico áudio porno. Já depois de almoço, quando queríamos ouvir umas quecas, estava a passar histórias para crianças [Difícil de acreditar? Sintonizem e ouçam]
Depois de almoço, experimentámos, não me lembro ao certo, mas para aí 6 tipos de bolos, escolhidos pela @Rita_Duarte e pela @Pipia e oferecidos pelo @Joebest66. E até direito a uma onda teve [uuuuUUOOOUUuuuu]. A seguir foi tudo para o WC lavar as mãos e passar o gel para prevenir a gripeA [somos ´ssoas que se preocupam em eliminar todos os vírus e viroses existentes à face da terra]

Já de tardinha e após recebermos um telefonema do @jtcgomes, fomos ter com ele à Figueira da Foz. Explanámos, rimos e gargalhámos num café onde só havia cerveja, água com gás (e sem sabores, porque isso já era pedir muito) e sem gás (não conseguimos averiguar se era da torneira). Após isto, dirigimo-nos até ao casino, onde íamos ver o espectáculo de música e dança que está em cartaz (e que é de borla). Chegámos a 20 minutos do fim, sensivelmente. Mas deu para ver que devia de ser giro. (mais não sejam as bailarinas).
E adivinhem quem encontrámos!? Pois tá claro! O @Nelsonvitorino, que é ´ssoa que trabalha no casino. O desaparecido da noite anterior, que se afastou um momento do grupo e… FLUUP!! Nunca mais foi visto.
Mas a Tribuh, ainda não estava contente e decidiu ir jantar para as salinas da família da @anatirantunes. Quase que íamos comendo à luz de faróis de automóvel, mas com algum esforço e “manual telefónico” conseguiu-se por o gerador a funcionar. Houve quem se afastasse, no momento de por o gerador a trabalhar, para caso aquilo fosse pelos ares, estar vivo para dar o nome dos falecidos. [Aí!... Joe, Joe, …só para termos um funeral digno]
O jantar foi uma bela feijoada preparada pelo chefe Joebest. Está-se a pensar seriamente em atribuir a este manjar, o prato oficial da Tribuh. Já que todos “feijoam”, então… divulguemos o feijão. [Não houve sinais de festa pós-jantar]
Hora de tomar café na Praia do Cabedelo. Ana Rita e João Tomé ainda queriam mais festa. Trataram de fazer uma lavagem cerebral às ´ssoas presentes para ainda irem “caipirar” não sei para onde. Isto porque no café Joe pediu uma caipirinha e a empregada disse “Agora não pode ser, a não ser que a D. Lisete faça e nem sei se tenho limas”. Com algum esforço lá fizeram uma espécie de caipirinha, amarga e intragável segundo palavras de quem a bebeu.
E a lavagem cerebral continuava. Moíam…moíam…moíam…e tornavam a moer…e só pararam quando já estava tudo em “pó”. Tudo não! @Adamastorlx teve de se impor e quebrar o feitiço. Sim! Foi preciso amuar, para verem que estava a falar a sério, às 23 horas devíamo-nos de meter à estrada a caminho de Lisboa e não a caminho de caipirar, não sei bem onde. [Com direito a beicinho e tudo, consta!]

A viagem foi feita sobre nevoeiro cerrado, mas tranquila, tão tranquila que duas ´ssoas dormiram o caminho todo. De registar dois episódios, ambos nas portagens. O primeiro foi o de um cartão Multibanco que é tão calão, que deixa de funcionar à meia-noite. Não sabemos a que hora volta a pegar ao serviço.
O segundo foi às portas de Lisboa. Na portagem de Loures, o carro parou e… morreu! Tentou-se uma espécie de respiração boca a boca com vários empurrões mas nada. Enquanto esperávamos pela assistência, lançámos um repto na timeline. Estava aberto o primeiro #twittassistenciaemviagem, mas ninguém apareceu. A situação não era para rir, mas rimos e batemos palminhas ao SINHOR na berma da estrada. O indivíduo da assistência devia ter pensado que éramos malucos, pois não deve ser muito comum ir rebocar um carro com o pessoal todo a rir. [Só Loucos!]
A viagem terminou com @martasta a ser rebocada juntamente com o automóvel e @supirinha, @joebest66, @CesarGreat e @Adamastorlx num táxi. Graça, teve o taxista, quando viu o Joe entrar no carro “É um bocado apertado, não é?” [LOL]

Contudo, este último episódio não mancha, aquele que foi um óptimo fim-de-semana, onde estivemos com gente já conhecida de outros twittcoisos e gente nova que já pede pelo próximo. A ver vamos onde nos vamos divertir, rir e gargalhar… A ver vamos onde vai ser a próxima Pucca da Loucura on the road!!


Vídeo:
http://twitvid.com/392E1

Fotos:
http://picasaweb.google.pt/TwittFotos

1 comentário: